Never more!
1 2 3 4 5 »
"Você é a ninfa mais linda que espero ver ainda"

“Mas ai cara, ela vai te chamar de idiota, imbecil, palhaço, otário, besta, bobo e tudo mais. Ela vai dizer que te odeia, mandar você se foder, te dar vários tapas, vai brigar com você quando você deixar de dar atenção a ela por 2 minutos, vai te chamar de nomes estranhos te dar apelidos feios, te contar aquela piada que ninguém ri (Lembre-se de rir, é importante). Mas também ela vai pedir sua companhia nos momentos tristes, vai esperar seu abraço quando nem imagina, um beijo na testa, um carinho na cabeça, que você carregue ela nas costas, por mais pesada que ela seja. Vai querer que você seja forte por ela, quando não puder mais, vai te acordar todas madrugadas só pra saber se você estava sonhando com ela. Então, se ela não te diz eu te amo e faz tudo isso, sim, ela te ama!”
400. (via revejo)

“Pessoas muito frias já foram muito doces.”
Clarice Lispector.  (via promessasvazias)

“Não importa o quanto eu lute, não posso negar, simplesmente não consigo deixar você ir.”
Backstreet Boys. (via auroriar)

“Poderia ter sido tanta, mas tanta coisa. Poderia ter sido aquele abraço pra me proteger, o assunto na mesa de bar com as amigas. Poderia ter sido o nome, pra quando todos perguntassem quem era o canalha que eu mais amei na vida. Poderia ter sido aquele que não aguentou a minha dor existencial, e chorou comigo. Poderia ter sido a minha vontade de voltar à igreja, a minha felicidade em comprar um livro novo, a cura pra minhas agorafobias. Poderia ter sido o despertador adiado todas as trinta vezes seguidas, aquela tatuagem idiota no antebraço esquerdo, aquela pisada no pé quando insistisse que arriscasse alguns passos de dança. Poderia ter sido aquela pessoa que me ensinou a gostar mais de cachorros do que das próprias pessoas. Poderia ter sido o motivo de voltar a ouvi Caetano, de escrever versos em agendas já rabiscadas, de voltar a desenhar meus horrorosos cavalos-marinhos. Poderia ter sido as minhas horas perdidas em frente ao espelho, tentando vomitar do interior, alguma beleza que chegasse à beleza dos teus pés. Poderia ter sido as minhas buscas ao chão, de tentativas de sobrevida. Poderia ter sido o colo que ninguém soube dar, e que você como ninguém, soube entender que precisava tanto. Poderia ter sido o motivo da minha insônia na madrugada, o motivo de não levantar da cama num dia frio. Poderia ter sido minha companhia quando não existisse posição no mundo confortável pra mim. Poderia ter sido minha vontade de aplaudir o sol, de contemplar a mudez das estrelas, de continuar a ouvir os ecos de nossas vozes pela cozinha. Poderia ter sido minha vontade de parar de fumar, e não meus dois maços de cigarros baratos por dia. Poderia ter sido as risadas que sobraram pelo tapete, a vontade de pegar o telefone só pra ouvir aquela sua voz meio gasguita. Poderia ter sido inimigo da minha mãe, amigo dos meus inimigos, parente dos meus irmãos, pai dos nossos filhos. Poderia ter sido um porta-retrato empoeirado na estante antiga. A falta de espaço na gaveta de meias. Poderia ter sido a única chance que sempre tive e precisei de tentar a cada dia ser uma pessoa melhor. Por mim. Por nós. Poderia ter sido você. Todas as saudades grifadas nos meus livros do John Green. Todas as flores que reguei no canteiro da esquina. Todo o amor que sonhei na vida. Poderia ter sido tanta, mas tanta coisa. Poderia ter sido tão leve, tão sereno, tão démodé. Poderia ter sido tudo, mas não foi. Preferiu ser mais um.”
— Michael Letto. (via revejo)


“Eu tô sempre indo embora, mas aí vai um super clichê: é de tanto ir que eu só queria ficar. E queria que você não achasse que sou sempre louca, ainda que eu seja.”
Tati Bernardi. (via auroriar)




“O que mais me irrita é que você nunca fez esforço nenhum pra eu gostar de você, não posso nem te culpar, gostei sozinho! Quer dizer, gosto.”
Soulstripper   (via revejo)